domingo, 31 de janeiro de 2010

Sair da ilha... sair do isolamento.

Ilha do Pessegueiro
Foto de Isabel Nobre
Jan de 2010
“…É necessário sair da ilha para ver a ilha, porque não
nos vemos se não saímos de nós…”
José Saramago, O conto da Ilha desconhecida.

domingo, 10 de janeiro de 2010

sábado, 9 de janeiro de 2010

MEU ALGARVE ...

"Praia da Rocha" Foto de Isabel Nobre
Meu Algarve, cheio de luz,
és o sol que me ilumina,
uma estrela que reluz,
o amor que me domina.
Grupo Coral de Portimão (in CD "Algarve")
Foto de Isabel Nobre
Texto:Grupo Coral de Portimão (in CD "Algarve")

quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

DESENCONTRO

"Solidão" Foto de Isabel Nobre

Se ele sentisse

Só por uma vez

Que paro quando fala

Que rio quando olha

E coro quando é para mim

E quero que me agarre

(...)

Ele vai ter um sonho por guardar

O tempo não tem escolha

E a alma passou longe

Adeus! Será que é Adeus?

Eu não te perco mais

(...)

"Desencontro" Luís Represas e Simone

terça-feira, 5 de janeiro de 2010

JANEIRAS OU CHAROLAS?

imagem retirada da web

As Janeiras ou Charolas (nome utilizado no sotavento algarvio) remontam a tempos longínquos, e em muitas aldeias portuguesas, tal como no interior algarvio, mantém-se viva esta tradição que vai passando de geração em geração. São uma forma antiga de comemorar o Ano Novo e o Dia de Reis, assim, as populações formam-se em grupos, que chegam a ter dezenas de elementos, cantam e animam as suas localidades, indo de casa em casa ou colocando-se num local central, desejando de uma forma tradicional um bom ano a todos os presentes. Por muitas vezes, são convidados a entrar nas casas, onde são oferecidos petiscos, filhós, chouriço assado, vinho tinto, etc..

segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

RECOMEÇA... se puderes!


Recomeça….

Se puderes
Sem angústia
E sem pressa.
E os passos que deres,
Nesse caminho duro
Do futuro
Dá-os em liberdade.
Enquanto não alcances
Não descanses.
De nenhum fruto queiras só metade.

E, nunca saciado,
Vai colhendo ilusões sucessivas no pomar.
Sempre a sonhar e vendo Adicionar imagem
O logro da aventura.
És homem, não te esqueças!
Só é tua a loucura
Onde, com lucidez, te reconheças…


Miguel Torga

sábado, 2 de janeiro de 2010

Vamos assinalar os feriados e pontes no calendário de 2010?


Imagem retirada do Google


Porque a vida não pode ser só preocupações, podemos já começar a planear o ano que acaba de chegar.
O calendário de 2010 também aderiu à crise, rico em feriados perdidos, deixa nos ainda fazer quatro pontes, quatro fins-de-semana grandes e gozar dois feriados a meio da semana. Feitas as contas ainda vão dar para marcar aquela escapadela a Paris ou Barcelona ou umas mini-férias num local relaxante.

Vamos assinalar os feriados e pontes no calendário de 2010?

Ano Novo - 1 de Janeiro - Sexta-feira
Carnaval - 16 de Fevereiro - Terça-feira
Sexta-Feira Santa - 2 de Abril - Sexta-feira
Páscoa - 4 de Abril - Domingo
Dia da Liberdade - 25 de Abril - Domingo
Dia do Trabalhador - 1 de Maio - Sábado
Corpo de Deus - 3 de Junho - Quinta-feira
Dia de Portugal - 10 de Junho - Quinta-feira
Santo António - 13 de Junho - Domingo
São João - 24 de Junho - Quinta-feira
Assunção de Maria - 15 de Agosto - Domingo
Implantação da República - 5 de Outubro - Terça-feira
Todos os santos - 1 de Novembro - Segunda-feira
Restauração da Independência - 1 de Dezembro - Quarta-feira
Imaculada Conceição - 8 de Dezembro - Quarta-feira
Natal - 25 de Dezembro - Sábado

sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

12 BADALADAS, 12 PASSAS... CHAMPAGNE e FOGO-DE-ARTIFÍCIO

Foto de Isabel Nobre
Todos os anos os rituais repetem-se.
Amigos e familiares juntam-se para celebrarem a passagem de ano. Formula-se votos ou desejos de melhoria da qualidade de vida. Ano Novo, Vida Nova!
O ano de 2009, presenteou-me com um neto adorável e como tal, aquela passagem de ano de folia, ficou um pouco mais comedida. Após um modesto jantarinho com a filha, genro e uns amigos, num restaurante da Fonte da Telha, esperámos orgulhosamente com os nossos 5 flutes expostos no tablier do carro, pelas 12 badaladas para ingerir 12 passas contendo cada uma delas um desejo …
As buzinas assinalaram a meia-noite, o fogo-de-artifício iluminou os céus e o Diogo, continuou no seu soninho tranquilo, enquanto brindávamos a um feliz ano de 2010.